Questões de Opinião: Conformismo, onde?


Conformismo, onde?


Já parou para pensar em quã conformada a sociedade é? 
Sim, isso inclui a mim e a você.

Afinal, convenhamos, quantas vocês você já reclamou da vida, do governo, da falta de ética, da televisão, da sua cidade, da mídia, da própria sociedade e não fez absolutamente nada para que as coisas fossem diferentes?

Pois é, você não é o único.

“-Significado nº 7 do dicionário Duden-
Schweingen-Silêncio
Ausência de som ou ruído”
A menina que roubava livros


Quantas vezes você já “entregou nas mãos de Deus”? Quantas vezes se deu por vencido, antes mesmo de começar a lutar? Quantas vezes você se calou diante das dificuldades e apenas se conformou com a situação? Quantas vezes desistiu antes mesmo de tentar? Quantas vezes achou melhor “empurrar com a barriga” a tomar alguma atitude? Quantas vezes deixou para depois, e simplesmente, “esqueceu” de correr atrás?


“Esperar demais não adianta, a gente acaba se confortando no desespero, na agonia, na desesperança e no sofrimento. Esqueça e siga em frente.”
Beatrice Werneck


E quanto a frase acima? Considere-a como os dois lados da moeda.
Acostumar-se com sua situação, leva-la adiante, mesmo que esta não lhe agrade, ou dar-se ao trabalho de questionar, ter força de vontade, lutar pelo que acredita? Ok, você está pensando “eu não sou tão preguiçoso e sem força de vontade assim”,mas, assim como 99,9% da população, você acaba de se enganar.

Não é uma questão de ter boa vontade, ou não querer realmente que algo se torne real, é simplesmente uma questão não questionada.
 “Tradução por favor” ok, lá vamos nós:
Quantas vezes você realmente se sentiu incomodado o suficiente para ambicionar e ter força o bastante para mudar sua opnião? Ou quantas vezes você se quer achou necessidade em questionar a realidade?

“O problema hoje em dia, é que todo mundo desiste muito fácil daquilo que vale a pena”.
Demi Lovato

Sabe o que eu acho? É uma delícia ser diferente! Ser o 0,01% da população com certeza não é para qualquer um! 
Bata de frente! Conteste! Argumente! Corra atrás do que você acredita! No final, valerá a pena!




Nenhum comentário:

Postar um comentário