Últimos posts

PUBLICIDADE

Oi gente!

Vocês que são antenadxs já devem ter reparado que o vermelho está por toda parte: fazendo par com o rosa millennial, nos batons matte, na tendência de maquiagem "derretida"e por aí vai...

O historiador e antropólogo francês Michel Pastoreau dedica sua vida a estudar cores. No livro "Red: The History of a Colour" (Vermelho: A História da Cor), ele conta a história do pigmento com tantas simbologias ao redor do mundo e através das épocas.
Coloratus, do latim, e colorado, do espanhol, significam tanto vermelho como colorido. Em russo, a palavra "krasnoi" siginifica "vermelho" e "belo". De acordo com Pastoreau, o vemelho é largamente presente no cotidiano humano desde a mais longínqua antiguidade por ter sido o primeiro pigmento fabricado pelo homem. No período paleolítico, o homem obtia a cor a partir de argilas e terras avermelhadas. Ao longo do tempo, a aquisição do pigmento deu-se a partir de outros materiais, como o ferro e o mercúrio.
O vermelho era símbolo de poder na Roma Antiga.

Na Antiguidade, o vermelho já era visto como uma cor de poder, tanto na guerra como na religião, sendo também associado ao fogo e ao sangue. Mais para frente, na Roma antiga, era extraído de uma concha rara, motivo pelo qual apenas a roupa do imperador e de chefes de guerra era tingida. Quando a dificuldade de encontrar a concha aumentou, em meados da Idade Média, os tintureiros descobriram  que era possível extrair o pigmento dos ovos de um inseto chamado Conchonilha, também de difícil produção e que, novamente, encarecia o tecido, fazendo com que apenas as altas classes tivessem acesso.
Não me estenderei na história, senão ficaremos aqui um tempão. Caso queira saber mais, você encontra trechos do livro (majoritariamente em inglês) na internet.
Desde a época de difícil produção do tecido vermelho, muita coisa mudou. O avanço da tecnologia permitiu que a cor passasse a ser usada além das roupas, tomando forma principalmente nas maquiagens, com destaque para o blush (também chamado de rouge, vermelho em francês) e o imbatível batom vermelho.
Sombra vermelha com efeito molhado: você consegue fazer passando um pouco de gloss transparente.
Reprodução: Pinterest

Neste maravilhoso 2017 que está acabando, uma última tendência para o verão resolveu aparecer de vez, depois de ensaiar sua entrada por quase 2 anos: a sombra vermelha. Se você não quiser investir em uma sombra nova, ou prefere testar antes de usar, sugiro que passe um pouco do seu batom vermelho preferido na ponta do dedo e dê umas batidinhas de leve nos olhos. É uma sombra improvisada e garanto que fica lindo!
Sombra na parte de cima e de baixo deixa um ar mais fashionista.
Reprodução: Pinterest

Misturar o vermelho com dourado ou bege deixa um tom de tijolo. 
É uma opção pra quem não quer partir direto pro vermelho.
Reprodução: Pinterest

Kristen Stewart na campanha de maquiagem da Chanel, no final do ano passado.
Reprodução: Pinterest
Selena Gomez apostou na sombra opaca.
Reprodução: Pinterest

Esfumada e opaca é uma opção mais discreta.
Reprodução: Pinterest


2
Comente
Compartilhe

Comente pelo Facebook!

2 Comentários

  1. Dani amei a postagem!!! Vou ver se combina o vermelho em mim, acho que combinando com dourado fica show. Bjs.

    www.blogbelissima.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu acho tão lindo, mas ainda tenho receio em usar, rs. Vejo várias blogueiras fazendo vídeo se maquiando e usando sombra vermelha, fico encantada e babando.

    Beijos,
    Blog Gaby Dahmer

    ResponderExcluir