Últimos posts

Conheci o Pilates quando conheci a o Estúdio Kadosh no Itaim Bibi, aqui em São Paulo, contei tudo sobre esse dia nessa matéria aqui. Já aviso que antes desse primeiro contato minha visão sobre o pilates era uma: não parecia ser algo difícil, na realidade, me parecia ser uma série de alongamentos que em pouco se diferiria de fisioterapia. Me enganei (bem) feio por sinal!
Faz quase dois meses que comecei, foi amor a primeira sessão! haha
Brincadeiras à parte, a Cibele, fundadora do Estúdio Kadosh, foi uma peça essencial nesse amor todo, ela explica como e porque realizar cada movimento, e faz com que o tempo de sessão (que é de uma hora) passe voando.

Não é a toa que essa matéria já diz no título que estou verdadeiramente amando meus encontros semanais com a Ci no Estúdio Kadosh! É justamente por gostar tanto dessa experiência que eu consegui DESCONTO para você que é seguidor, é só ler até o fim e descobrir certinho como conseguir seu desconto nas mensalidades!

Os 5 principais fatores, que inclusive foram os que mais me surpreenderam são:

Conhecimento Corporal

Assumo que no dia seguinte a primeira aula tive dores musculares em absolutamente todo o corpo, e quando digo isso quero dizer que não fazia ideia de que haviam tantos músculos em mim, mesmo! haha Até sentir os gominhos do abdômen (que são encobertos por minha 'panchete') eu consegui sentir haha.

A cada sessão eu passei a ter mais noção de mim, do meu corpo e do que sou capaz de realizar sem que isso me prejudique. É muito legar passar a ter a noção de quais os limites sou capaz de vencer e aprimorar a cada sessão.

Todas as aulas precisam de aquecimento e também são finalizadas com algo mais leve (até mesmo uma massagem) para relaxar, isso evita as dores musculares que - inevitavelmente - irão aparecer nas primeiras sessões.

Resistência Física

Se você acha que e só um alongamento levinho, que pilates não exige do corpo, que seus músculos não passarão a ter tônus muscular você está completamente enganado! E vai descobrir isso logo na primeira aula. É fora de sério como a resistência corporal é cada vez mais trabalhada.

Nas primeiras sessões eu sentia meu corpo todo literalmente tremendo em alguns exercícios, esse mesmo da foto acima era praticamente impossível (não é só fazer pose viu? Tem que ter a respiração no tempo correto, segurar o abdômen, o glúteo, a bexiga...). Acho que pela minha concentração em toda você já entendeu que é trash né?!

Fortalecimento Muscular

Óbvio que esse tópico nada mais é do que o resultado dos dois anteriores, porque se você conhece seus limites, entendendo bem sobre o poder que seu corpo tem, e soma isso à resistência física que adquire então o fortalecimento muscular é consequência.

Mas o que descobri frequentando o Estudio Kadosh é que o Pilates nos dá um corpo todo durinho. Você passa a ter todos os músculos resistentes e o corpo todo escultural. Não é como uma musculação em academia que você terá os músculos definidos e aparentes, é mais delicado, sabe? Mas delicado é só no que tange o visível ao outro mesmo, porque para mim ter os músculos fortalecidos é o ideal.

Óbvio que eu ainda estou nos primeiros meses e tenho o que melhor viu xuxu? É que a diferença da minha versão anterior e sedentária para a Dani de dois meses depois é realmente gritante!

Concentração / Resistência Mental

Me surpreendi muito em como o Pilates vai bem além do corpo, ele trabalha a mente em todos os sentidos possíveis: me ajuda a focar e desligar do mundo externo (e olha que eu sou m-e-g-a ansiosa/workhorlic), me faz focar no 'aqui e agora' e me dá, gradativamente, mais poder sobre minha própria mente. 

É necessário estar conectado no nosso 'eu interior' para compreender todos os aspectos que envolvem os exercícios, desde a respiração e força abdominal até a conscientização sobre o que me levou a fazer determinado movimento (ou a não conseguir me manter nele por determinado número de repetições). 

Esse conjunto de fatores as vezes dá um bug e eu preciso de alguns segundos para raciocinar o que devo fazer, mas vale taaanto a pena essa sensação de focar em mim e me 'presentear' com esse momento só meu que realmente me encantei.

Autoestima

Tem coisa mais gostosa que fazer as pazes com a gente mesma? Fiz as pazes com meu reflexo, com meus pensamentos desorganizados e com meu coração ansioso. Nossa, essa foi profunda né?! haha

Parece brincadeira/exagero, mas passei por um turbilhão emocional na minha vida pessoal nesses últimos tempos (e peço desculpas a você que me acompanha por aqui e viu que desapareci) e o que me trouxe paz para ficar centrada e passar por tudo foi a autoestima que eu (re)adquiri com o Pilates! Tá tudo bem evoluir um passo de cada vez, tá tudo bem precisar respirar profundamente quando algo parece dar errado, tá tudo bem 'se querer' bem!

Sobre o tão esperado DESCONTO: se você for até o Estúdio Kadosh e disser que é meu seguidor aqui no Blog terá 10% de desconto em todas as mensalidades!
Sucesso demais né? Então já anota os contatos do Estúdio:

⇢ Estúdio Kadosh
Instagram: @estudiokadosh
WhatsApp: (11) 98677-2047
Telefone: (11) 3582-4005
Endereço: Rua João Cachoeira, 775 - Itaim Bibi - São Paulo/SP


Já fez pilates antes? Pretende fazer?
Conta aqui nos comentários!

4
Comente
Compartilhe

Comente pelo Facebook!

4 Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Pilates proporciona vários benefícios, comecei a pouco tempo visando a postura e flexibilidade.@lasgaldiano

    ResponderExcluir
  3. Dani, eu sempre tive muita vontade de fazer pilates, mas os lugares que tem são bem caros. A academia já me deu todo esse conhecimento do corpo que tu fala, mas ainda quero fazer pilates. Yoga também, quero muito fazer.

    Beijos,
    Blog Gaby Dahmer

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir