Questões de Opinião: Você já se amou hoje?

Você já se amou hoje?

Foto: http://selflovefashion.tumblr.com/

Ei garota, já acordou algum dia se sentindo bem lixosa? Olhando aquelas revistas jogadas no chão do quarto, as atrizes na propaganda da novela e aquelas meninas da faculdade que parecem que vivem de academia, comida saudável (e ruim, diga-se de passagem) e que não pisam pra fora de casa sem pelo menos um pó na cara, e pensando como arranjar a coragem, a força de vontade e a disposição para ser assim? Pois é, eu tenho certeza que já.

Infelizmente, eu tenho a certeza de que, por mais linda que você seja aos olhos de alguém, você dificilmente é tão linda pra você mesma. Eu, infelizmente, duvido que você consiga ver todo o seu charme, toda a sua graça, todo o seu humor, todo o seu brilho. Eu duvido tanto disso que agora, talvez eu devesse estar dormindo e descansando para uma prova, mas estou aqui pra escrever pra você. Não é por pena, não é por descaso, mas é por saber que dias assim te destroem garota. Por saber que naquele dia que seu cabelo está um mafuá, você não sente vontade nenhuma de viver por não se sentir bonita o suficiente.

Mas vem cá, me diz. Bonita o suficiente pra quem? Quem é que neste mundo não pode aceitar um dia de cabelo bagunçado, de cara limpa, de gordurinhas a mais? Quem é que é tão perfeito aos próprios olhos que se tornou incapaz de aceitar pequenas características que fogem do padrão?

Garota, eu te peço, eu te imploro. Para um pouquinho na frente de um espelho e te olha. Sem vergonha de se ver, olha pra cada pedacinho teu. Observa teus detalhes e se apaixone. Se apaixone pelo seu cabelo bagunçado, pelo seu dentinho torto, pelos seus culotinhos, pelas suas sardas e até pelas suas pernas tortas. Se você é, ou um dia foi, capaz de amar alguém com todos os defeitos possíveis, por que seria diferente agora?

Eu sei que parece impossível compreender as dificuldades de se cultivar um amor próprio quando todo um mundo joga em nossas caras todos os nossos defeitos. Eu sei que por mais magra que você seja, por mais lindo que seja o teu cabelo, por mais dentro dos padrões que você possa ser, ao se olhar no espelho sempre vai ter aquela coisinha que te chama a atenção e que te faz se odiar, mesmo que no fundo, ninguém mais perceba. Eu sei o quanto é mais fácil enxergar os defeitos do nosso corpo, eu sei que é mais fácil dizer "eu preciso emagrecer" do que "eu me amo e me aceito assim". Garota, o mundo é cruel com todas nós.

Foto: https://www.facebook.com/vocenaoestalouca/


Eu disse aqui um outro dia sobre a tal da empatia, um sentimento que deve ser cada vez mais cultivado em nossos corações. Essa tal coisinha, aliás, a sua falta, também nos afeta quando pensamos em nos amar. Afinal, o mundo critica todos e todas que fogem de seu padrão sem pensar em qualquer consequência. Então, friso aqui a importância de praticar estes fenômenos que são tão interligados; o amor e a empatia. Lembrando que não adianta amar o outro sem saber se amar. Então garota, vai lá no espelho, se olhe, se apaixone, se ame, se encante. Esqueça o que o mundo, o que os outros querem de você e renasça para ser aquilo e quem você é, da forma como você deseja ser.

Se por em primeiro lugar nem sempre é egoísmo, minha cara, às vezes é questão de necessidade, para com você e para com o mundo. Não se pode praticar o bem de forma plena quando não estamos bem conosco. De nada adiantará trazer o melhor ao mundo se isso significa subtrair de você mesma, a cada dia, mais e mais forças. Deixar de se amar para amar ao próximo não funciona. Se ame, se viva, se seja.

2 comentários:

  1. Nossa , que texto maravilhoso , todas as pessoas que estão pra baixo com a auto estima deveria ler esse texto. Confesso que me senti muito bem lendo ele <3 amei mesmo <3

    www.luanacabral.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luana fico tão feliz em ler isso que você nem imagina <3
      É uma sensação incrível saber que minhas palavras puderam fazer bem a alguém de alguma forma!! Obrigada de verdade!!

      Excluir